23 de agosto de 2013

Hipermetropia, Astigmatismo e Estrabismo.

|| ||

Sim, a uns 2 meses atrás venho notado uns probleminhas na vista da minha pequena :\
ela tem dificuldades para enxergar de perto e ''entorta'' um dos olhos quando faz muita força para enxergar... No mês passado (não lembro certo o dia) eu levei ela no Oftalmologista e constatei
o que suspeitava... Ela esta com o grau altissimo de Hipermetropia +6,75 / +7,00 junto com o estrabismo e o astigmatismo.


Depois dessa avaliação, o oftalmo marcou uma outra consulta com uma médica especialista em tampões e problemas com crianças abaixo dos 5 anos de idade... Essa consulta foi hoje (23/082013) depois do almoço... Já estava mega aflita com o que estava por vir... pois parecia que já estava suspeitando do que iria ser dito pela médica!
Ela fez os exames me explicou tudo direitinho, e por fim, a Ana Luiza vai usar tampão no olho direito por 4 meses com uma pausa na semana junto com os óculos...
A tendência do problema é diminuir, mais infelizmente o grau não se perde ):
Enfim, apesar de eu ter ficado chateada, agradeço a Deus pelo problema não ser de tanta gravidade, ou risco de vida (Graças a Deus) 

Essas fotos foram tiradas hoje no consultório enquanto esperavá-mos a chegada da Dra. Leticia

Hipermetropia é o nome dado ao erro de focalização da imagem no olho, fazendo com que a imagem seja formada após a retina. Isso acontece principalmente porque o olho do hipermétrope é um pouco menor do que o normal. Outras causas incluem situações onde a córnea ou ocristalino apresentam alterações no seu formato que diminuem o seu poder refrativo, como a megalocórnea, onde a córnea é mais plana do que deveria ser.

astigmatismo é uma deficiência visual, causada pelo formato irregular da córnea ou do cristalino formando uma imagem em váriosfocos que se encontram em eixos diferentes. Uma córnea normal é redonda e lisa. Nos casos de astigmatismo, a curvatura da córnea é mais ovalada, como uma bola de futebol americano. Este desajuste faz com que a luz se refracte por vários pontos da retina em vez de se focar em apenas um. Para as pessoas que sofrem de astigmatismo, todos os objetos, próximos ou distantes, ficam distorcidos. As imagens ficam embaçadas porque alguns dos raios de luz são focalizados e outros não. A sensação é parecida com a distorção produzida por um pedaço de vidro ondulado. 
O estrabismo corresponde à perda do paralelismo entre os olhos. Existem três formas de estrabismo, o mais comum é o convergente(desvio de um dos olhos para dentro), mas podem ser tambémdivergentes (desvio para fora) ou verticais (um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário